> M: 07/12/08 - 14/12/08

Pacto Para Desenvolvimento Local - Ney Braga

Ontem, 11/12 as 20:00 hs tivemos a quarta e última reunião do ano do projeto desenvolvido pela comunidade com Iniciativa da FIEP e FACIAP, denominado de Pacto para o Desenvolvimento Local. Estiveram presentes diversos segmentos da nossa sociedade e principalmente um grande número de lideranças locais. Com apresentação dos trabalhos desenvolvidos até o momento pela Sra. Vera Oliveira(Jd. Continental) e Nivaldo Agda da Silva(Assoc. Comunitária do Ney Braga) e com a Coordenação do Sr. José Marinho representando a entidade. Tivemos também a presença dos presidentes de Bairros Nestor(Jd Olimpico), Osmar Murassaki(Sanenge) e das autoridades Valter Viana(Poder Legislativo), Adelaide Gonsales Colombari(Núcleo Regional de Ensino), Paulo Meneguetti(FIEP) e representações de edis.
Após o encerramento da atividade foi servido um coquetel aos participantes.

Read more...

Pacto Para Desenvolvimento Local - Ney Braga


Planejamento e Agendamento das Ações 2009

Read more...

3ª Reunião do Pacto Para Desenvolvimento Local - Ney Braga



Mapeamento das Necessidades Locais

Read more...

2ª Reunião Pacto Para Desenvolvimento Local - Ney Braga



Listagem dos Ativos Locais

Read more...

1ª Reunião Pacto Pelo Desenvolvimento Local - Ney Braga



Seminário Visão do Futuro - FIEP/FACIAP

Read more...

Iniciativa Comunitária

Dentro das reuniões que antecederam o encontro de ontem foram estipulados um planejamento de trabalho que começou com a a palestra Seminário Visão do Futuro, Uma avaliação dos Ativos Locais, Mapeamento das Necessidades Locais e finalmente o Planejamento e o Agendamento de algumas ações para o ano de 2009.
Os integrantes da comunidade e do FIEP, em ordem alfabética, que ajudaram na implantação do projeto:
Barbara Menotti, Benedito Gonçalves, Celia Meneguetti, Dayane Luz, Delicia Santiago, Elcia Valentini, Enilda Queiroz, Helio Oliveira, João Silva, Kauhana Alves, Laércio OLiveira, Lauro Balieiro, Lirio Antunes, Maria Apda Bressan Kluck, Maria Biff, Maria Ribas, Mayumi Honda, Milton Kluck, Nilson Altino, Nivaldo Apdo Silva, Paulo Meneguetti, Reginaldo Brezan, Roseli Cossich, Sonia OLiveira e Vera Lucia Oliveira.

Read more...

Comunidade em busca do desenvolvimento

Estive participando ontem da reunião do "Pacto pelo Desenvolvimento Local" um projeto da FIEP e FACIAP que esta em desenvolvimento desde agosto deste ano na nossa comunidade. Em virtude do meu projeto político em não participei das reuniões anteriores. A região do Ney Braga foi escolhida pela REDE DE PARTICIPAÇÂO POLÍTICA DO EMPRESARIADO para um pacto pela democracia local em prol do desenvolvimento comunitário a partir do investimento no capital social, estabelecendo uma nova regra entre o papel político do cidadão e de suas iniciativas voluntárias e cooperativas na criação de um desenvolvimento inclusivo e verdadeiro.

Read more...

Pacote anti-crise

Sou obrigado a reconhecer o esforço do governo Lula em manter a taxa de crescimeno prevista de 4% para 2009. Em post recente eu brinquei desafiando o presidente a tomar medidas que julgava impossíveis dele por em prática. Mas o pacotão do governo lançado hoje mostra que pelo menos existe uma grande vontade do governo em manter o fluxo da economia e afastar o processo recessivo. Evidente que faltaram dois itens fundamentais mas que serão com certeza, revisto posteriormente: a baixa sistemática da taxa selic e a estabilidade do cambio. Vamos torcer para que o nosso presidente possa mostrar coragem e ousadia neste momento que precisamos de grandeza da parte política e da parte empresarial do país.

Read more...

Decisão Difícil porém necessária...

A questão do lixo em Maringá, que se arrasta por alguns anos e não é culpa única da última gestão, exige que a administração tome posicionamento que vai com certeza contra a vontade popular. Mas, até pelo momento político que é mais cômodo e nãoi traz prejuizos eleitorais imediatos comparados se ele tomasse esta decisão antes da reeleição, acho que o Prefeito não pode perder a oportunidade de realmente dar um direcionamento para esta questão que é prioritária para o município. A criação da taxa e a contratação de empresa para realização do serviço vai criar um grande debate na cidade e muito disse-me-disse, aliás, o maior erro dessa questão foi talvez o prefeito não discutir abertamente a questão com a sociedade. Ao enviar o projeto em regime de urgência para os edis, ele definitavamente passou a responsabilidade aos vereadores, mas isto não surtiu o efeito esperado. Ao tentar passar a responsabilidade ao MP pela atitude e pela necessidade de criação urgente da taxa do lixo, ele esquece que o povo não reclama somente pela cobrança mas pela falta de informações sobre como e com qual qualidade será feito o serviço em questão. Com desgaste político ou não, será fundamental uma solução para o problema de residuos sólidos para o desenvolvimento sustentável da nossa cidade.

Read more...

Taxa de Lixo

Será que a sociedade vai se mobilizar para derrubar a futura taxa de lixo??? Pelos estudos, ela dá brecha para ser questionado e até anulado por ferir direitos do cidadão.

Read more...

Aumento do Nº de Vereadores

Comissão do Senado cria 7.554 novas vagas de vereadores nas Câmaras Municipais
GABRIELA GUERREIRO
da Folha Online, em Brasília

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou nesta quarta-feira a PEC (proposta de emenda constitucional) que aumenta em 7.554 o número de vereadores no país. Os senadores, no entanto, retiraram do texto o artigo que reduzia os percentuais de repasse das receitas dos municípios para as Câmaras.

Com a mudança, as Câmaras de Vereadores vão continuar a receber o montante previsto pela Constituição Federal, sem redução nos gastos. O senador César Borges (DEM-BA), relator da proposta na comissão, havia sugerido a redução dos repasses uma vez que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) reduziu em 2004 o número dos vereadores no país, mas manteve o mesmo percentual de repasses.

De 2004 para cá, as Câmaras tiveram os números de vereadores reduzidos, mas mantiveram a mesma arrecadação. "Os repasses continuaram os mesmos. Reduziu-se a representação, mas não se reduziu os recursos para o erário. Por isso hoje temos Câmaras com uma verdadeira galinha gorda de arrecadação", disse Borges.

Como os senadores decidiram novamente aumentar o número de vereadores, na prática o relator afirmou que a redução não se faz mais necessária.

Read more...

Paulo Bernardo e Silvio II no Redondo do Altamir

Calma, não é nada dos que voces imaginaram... Na verdade é uma sacanagem sim, mas para os moradores da região. É que neste dia 12 de dezembro, na rotatória das av. Alziro Zarur com a Sabiá(também conhecida como o redondo do Altamir), será feito o lançamento da obra do Contorno Norte. A comunidade já questionou o seu feitio porque vai passar exatamente no meio de vários bairros e sem um estudo prévio das estruturas das casas e prédios existentes no local. Estou sabendo que vão solicitar junto a MP o RIMA da obra e questionar a aplicação da Lei 8666/93 que diz respeito a critérios ambientais na licitação de obras públicas.
Particularmente, eu acho que a obra é de suma importância para Maringá, contudo não no local que será realizada. Vamos ter com certeza uma desvalorização enorme na parte imobiliaria sem falar na perda da qualidade de vida e no tocante a risco com acidentes de trânsitos.

Read more...

Em tempo....

Senhores Vereadores,
Não é hora para criar novas taxas, aliás precisamos rever as taxas existentes e sua aplicabilidade.

Read more...

Crise e comportamentos...

O comportamento do Presidente Lula, que teve na última avaliação a aprovação de mais de 70% dos brasileiros, em relação a chamada crise mundial é no mínimo hilárico. No início ele dizia ser apenas uma nuvem passageira e que de longe isto afetaria o Brasil. Em seguida, ele veio a público para dizer que a crise estava realmente atingindo todo o mundo e que o Brasil sofreria as consequencias embora muito menos. Teve que injetar milhões para subsidiar créditos para que os bancos não deixassem de operar. O dinheiro pode até ter chegado aos bancos mas não chegou no povo, mesmo porque o povo ficou cabreiro com a mensagem do presidente que desesperadamente pedia que desconsiderasse o futuro incerto mas que não deixassem de se individar e adquirir bens, que para muitos são superfluos neste momento de crise. Criou um pacote específico para a linha dos automotivos, mas as fábricas continuaram paradas com perspectivas de férias coletivas e desempregos. Evidente, pois com o cancelamento de contratos do mercado externo os pátios simplismente estão lotados de automóveis. A industria automobilística precisa vender todo este excedente primeiro para depois readequar as empresas para o momento da crise. Isto, segundo o setor vai levar de 3 a 4 meses e não adianta o Presidente injetar dinheiro nos bancos que a produção vai diminuir drasticamente nos próximos meses e o fator desemprego será realidade. Mas uma coisa fica evidente. Novamente, os bancos com dinheiro em caixa vão poder sair da crise com um ótimo desempenho comparados com outros setores da economia. A pergunta que gostaria de fazer ao presidente da república neste momento é: O que estimularia mais o consumo interno, a disponibilidade das linhas de créditos para o individamente a medio longo prazo do cidadão brasileiro ou atitude do governo em cortar as taxações e impostos sobre o automóvel que reduzia o seu preço em pelo menos 40% do valor de venda e seria com certeza uma atração muito grande para o povo investir em um bem sem ter que necessariamente ficar com o pescoço na corda junto as financiadoras?
- Realmente o cenário brasileiro favorece neste momento para que haja um estímulo ao consumo interno, aliás, a única saída para um país de dimensões continentais como o nosso. Mas para que isto ocorra, o governo federal deve ser um pouco mais ousado. Não basta tentar controlar o mercado com subsídios, incentivar financiamentos que geram endividamentos mas sim atacar aqueles pontos mais obscuros da política nacional: estabilidade do câmbio, reforma fiscal e diminuição drástica dos juros. E aí Lula, será que voce vai topar???

Read more...

Blog Archive

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP