> M: Voltando a falar na Sanepar

Voltando a falar na Sanepar

A empresa cobre 80% da conta de água em taxa de esgoto. Evidentemente, que ao ligar a rede de esgoto, a empresa deve prestar serviços de manutenção, uma vez que ela cobra pelos serviços prestados. Recentemente ou frequentemente a empresa faz vistorias na ligações de esgotos para exigir que as ligações estejam dentro das normas exigidas. Entre as adequações o proprietário deve construir uma caixa de gordura separado para o esgoto oriundos de pias de cozinhas e uma caixa de escoamento para o restante das canalizações da casa, tais como banheiros, lavatórios, bides, tanque de roupas, etc. Perto da saída para a rede da rua, o proprietário deve instalar uma caixa de inspeção e somente daí é feita a ligação no sistema externo as propriedades.
Mas para que tudo isto funcione a contento, é necessário que faça uma limpeza das caixas de gorduras pelo menos num período de 06 meses. Os questionamentos a respeito dos procedimentos são: afinal de quem é a obrigação da limpeza das caixas: do proprietário ou da prestadora de serviço? Qual o destino que a empresa Sanepar dá para os resíduos das caixas de gordura? Se a obrigação de limpeza é do proprietário o destino final dos resíduos não seriam da Sanepar uma vez que ela cobra pelo serviço?

Já ví muitas pessoas limpar as caixas de gorduras e simplismente jogar o resíduos nas bocas de lobo ou então em sacos de lixos para serem recolhidos pelo sistema de coleta. Será que não está havendo um certo descaso da Sanepar em não assumir a responsabilidade pelos resíduos gerados pelo sistema de esgoto? Não seria obrigação da empresa recolher os redíduos e dar um destino correto para o mesmo?

0 comentários:

Blog Archive

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP